Fabio Faria quer promover uso de energia solar

Fabio Faria (PSD-RN) apresentou Projeto de Lei 1138/2015, na Câmara dos Deputados, para promover a geração de energia a partir de fonte solar. O projeto visa remunerar a energia excedente do consumo próprio, desde que cedida a distribuidora por parte da unidade consumidora com geração solar. Atualmente, segundo regulamentação da Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o excedente se torna credito que, não consumido, expira apos 36 meses.

A energia solar fotovoltaica apresentou um efetivo crescimento mundial nos últimos anos, em grande parte devido a implantação de programas de governo, que estimulam tanto o uso quanto o desenvolvimento tecnológico e industrial dos equipamentos necessários para seu aproveitamento. O Brasil e fortemente privilegiado por possuir níveis de radiação solar elevados, bem superiores a países com grande produção dessa energia, como Alemanha e Espanha”, justifica Fabio Faria.

Partindo do principio de que a energia solar e completamente natural, limpa e inesgotável, ela se apresenta como uma excelente alternativa nesse cenário. E com mais incentivo a sua utilização, com certeza mais desenvolvimento e melhorias serão gerados. Fabio Faria esta preocupado com os constantes problemas ambientais causados pela utilização de energias não renováveis.

Atuação na politica de Fabio Faria

Atuação na politica de Fabio Faria
Atuação na politica de Fabio Faria

Um dos deputados federais mais jovens da Câmara dos Deputados, Fabio Faria chegou ao Congresso Nacional brasileiro antes de completar 30 anos de idade. Foi eleito em 2006 para o primeiro mandato de parlamentar federal, com 195.148 votos, o que representou 12,02% dos votos validos para o cargo, assumindo o primeiro lugar entre os oito representantes do Estado.

Um atual projeto de lei apresentado pelo Deputado Faria e o projeto 7652/17, que dispõe sobre a implantação de postos de recolhimento de lixo eletrônico no pais. O projeto e destinado aos municípios com mais de 100 mil habitantes. Ficam obrigados a organizar e implantar pontos para o descarte de pilhas, baterias, lampadas, fluorescentes e produtos eletrônicos. O projeto visa reduzir o impacto ambiental e promover a conscientização da sociedade.

“O Brasil e numero um na produção desse tipo de lixo na America Latina, mas ainda assim não tem uma politica publica descarte adequada”, explicou o deputado.

Projeto de Lei aprovado

O Projeto de Lei 7036/10, que determina a obrigatoriedade da veiculação, por parte das companhias aéreas nacionais e dos exibidores de cinema, de filmes ou videos que combatam a pedofilia e drogas. Os filmetes, de no minimo 30 segundos, serão produzidos e distribuídos pelo Poder Executivo. O projeto foi aprovado em mais uma Comissão : a de Segurança Publica e Combate ao Crime Organizado. A proposta já passou por duas outras e agora segue para a ultima analise, na de Constituição e Justiça e de Cidadania, explicou o site do Deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • 08/06/2017 a 12:42
    Permalink

    “o excedente se torna credito que, não consumido, expira apos 36 meses.” – 60 meses, não 36.

    Responder
  • 07/06/2017 a 17:12
    Permalink

    Dois projetos de Lei muito interessantes de autoria do Deputado Fabio Faria. Em um momento que tanto se fala em consciência ambiental, o governo deveria dar mais incentivo a esse tipo de projeto.

    Responder
Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.