Azeite extra virgem de oliva, um novo tratamento contra diabetes

Estudo da universidade Sapienza de Roma, publicado no “Nutrition & Diabetes”, colocou em evidência os efeitos do azeite extra virgem na prevenção e cura de diabetes. A pesquisa sugere que uma dose de 10 gramas ao dia funciona como um antidiabético oral com efeito similar ao dos medicamentos de nova geração, ou seja similar ao efeito das incretinas, uma classe de substâncias produzidas pelo pâncreas e pelos intestinos e que regulam o metabolismo da glicose.

O resultado dessa pesquisa demonstrou que o azeite reduz a glicemia e aumenta a quantidade de insulina no sangue, abrindo uma boa prospectiva sobre seu uso em pacientes com diabetes, cuja a glicemia pós prandial pode ser muito elevada e danificar potencialmente o sistema cardio-circulatório.

Enquanto esses dados são úteis para compreender o mecanismo no qual o azeite previne diabetes, a redução da glicemia e do colesterol pós prandial abrem novas estradas sobre o uso desse condimento na dieta para previnir complicações cardiovasculares. O estudo foi realizado com azeite proveniente da província de Viterbo na região central da Itália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.