Brasil precisa construir 64 mil bibliotecas escolares até 2020 para cumprir meta

Até 2020 Brasil precisa construir 64 mil bibliotecas e salas de estudo em escolas públicas.

A Lei 12.244, sancionada em maio de 2010, determina que as escolas públicas e particulares tenham pelo menos um livro em seu acervo para cada aluno matriculado. Desde a sanção da norma até o momento, no entanto, o Brasil atingiu apenas 53% da meta. Mais de 120,5 mil unidades de ensino públicas continuam sem bibliotecas. Para que a proposta seja, de fato, cumprida, é preciso construir, até 2020, 64,3 mil espaços de leitura e aprendizagem nos colégios. O levantamento foi feito com base no Censo Escolar 2014.

De acordo com os dados, existe ainda diferença regional quanto à disponibilidade de bibliotecas. No Sudeste, por exemplo, o índice de bibliotecas nas escolas é de 71,1%, no Norte é de 26,7%, na Região Sul é de 77,6% e no Nordeste, 30,4%.

Um dos menores índices de bibliotecas escolares foi registrado no Maranhão, com apenas 15,1%, seguido pelo Acre (20,4%) pelo Amazonas (20,6%). Porém, em alguns estados, a porcentagem é melhor, como o Distrito Federal (90,9%), Rio Grande do Sul (83,7%) e Rio de Janeiro, com 79,4%.

O levantamento aponta que as escolas públicas de ensino médio têm maior número de bibliotecas se comparadas às de ensino fundamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.