“Joga as armas pra lá”, Bethânia 

A cantora Maria Bethânia foi denunciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por supostamente ceder uma arma de fogo ao seu vigilante. Adevan Barbosa Lourenço, segundo a assessoria do MP, foi preso em flagrante no mês passado, na porta da residência da artista, em São Conrado, com um revólver registrado em nome de Bethânia.

O segurança não apresentou a documentação da arma e foi preso. Ele só foi solto após pagamento de fiança. Adevan Barbosa também foi denunciado pelo Ministério Público por porte ilegal de arma. Segundo a promotoria, o MP decidirá se o processo será levado para audiência ou se a cantora será absolvida, caso fique comprovado de que não foi ela quem emprestou o revolver a Adevan.

A assessoria de imprensa da cantora, no entanto, nega que ela tenha emprestado qualquer arma ao segurança. Bethânia também não teria recebido notificação do MP, segundo seus assessores.

Se forem condenados, Maria Bethânia e o segurança podem cumprir pena de dois a quatro anos de prisão e multa, previstos pelo artigo 14° do Estatuto do Desarmamento (Lei 10826/03).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.