Adeus caixões!

Em vez de lápides, centenas de árvores. Esta é a ideia do projeto italiano The Capsula Mundi. Os designers Anna Citelli e Raoul Bretzel criaram uma cápsula biodegradável em forma de ovo para depositar restos mortais humanos. Isso mesmo! A proposta é plantar o “módulo” no solo envolto às raízes de uma muda de árvore, cuja espécie será selecionada por cada pessoa ainda em vida. Depois de falecer, familiares e amigos assumirão os cuidados com a planta.

Segundo os autores, o intuito é transformar cemitérios em florestas sagradas, onde cada árvore manterá viva a memória de alguém que se foi. No entanto, por ser ousado, o projeto não foi colocado em prática. Vale lembrar ainda que a Itália tem leis restritas sobre enterros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.