PF investiga contratos da Arena Pernambuco por superfaturamento

A Polícia Federal iniciou operação contra um esquema de superfaturamento, no valor de R$42,8 milhões, nas obras da Arena Pernambuco, na Grande Recife, a cargo da Odebrecht, empreiteira que também é alvo da Operação Lava Jato,  que investiga cartel e corrupção na Petrobrás.

Na ação, batizada de Fair Play, estão sendo cumpridos dez mandados de busca e apreensão em Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e Distrito Federal.

A Polícia Federal vasculha endereços da Odebrecht e o escritório de parceria público-privada do Governo de Pernambuco. Os agentes também estão em endereços de outras empresas e órgãos, em busca de contratos para compará-los com os da Arena Pernambuco.

O nome da operação foi batizado por conta da abertura da Copa das Confederações no Brasil, em 2013. Na ocasião, o presidente da Fila, Joseph Blatter, pediu fair-play (conduta leal, respeito) à torcida que vaiava a presidente Dilma Rousseff no Mané Garrincha, em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.