Neymar tem bens bloqueados pela Receita Federal

O jogador Neymar também está na mira da justiça. Nesta sexta-feira (25), a Procuradoria da Fazenda Nacional bloqueou R$ 188,8 milhões do craque, de sua família e das empresas ligadas a ele. O atacante é acusado de sonegar impostos entre 2011 e 2013, segundo a Receita Federal.

Antes, a retenção havia sido negada em primeira instância. No entanto, o desembargador Carlos Muta, do Tribunal Regional Federal da 3ª região, acatou os argumentos para impedir a negociação desses bens, já que eles podem pagar os impostos sonegados.

Segundo a Receita Federal, houve sonegação de R$ 63,6 milhões por parte do jogador. O órgão aponta ainda que houve omissão de rendimentos de fontes do exterior com publicidade e “omissão de rendimentos oriundos de vínculo empregatício pagos pelo Barcelona”.

Entenda

O valor chegou a R$188 milhões por conta de uma multa de 150% sobre o total devido à Receita.

Foi pedido o bloqueio dos bens do jogador, das empresas e de sua família porque o valor cobrado Receita representa mais de 30% do patrimônio do atacante, avaliado R$ 242,2 milhões pelos seus defensores.

Os bens bloqueados são imóveis, carros, entre outros. Os ativos financeiros, ou seja, dinheiro em contas e aplicações, ainda continua acessível ao jogador.

Barcelona

A Receita Federal investiga Neymar desde a sua transferência para o Barcelona, quando foram depositados € 40 milhões pelo clube espanhol pelos direitos do atleta, em operação que ludibriou o Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.