PF pede ao STF para ouvir Lula  em investigação da Lava Jato 

Segundo informação do site da Revista Época, a Polícia Federal pediu autorização ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja ouvido na investigação em curso na Corte sobre a Operação Lava Jato. Segundo o delegado Josélio Azevedo de Souza, o petista “pode ter sido beneficiado pelo em esquema na Petrobras”.

O pedido foi enviado ao ministro Teori Zavascki na última quarta (9). A assessoria do Instituto Lula, porém, afirmou não ter conhecimento do documento da PF e, por isso, não irá se pronunciar.

O inquérito investiga a suposta participação de 39 políticos e operadores em esquema de distribuição de verba ilícita a agentes e deputados do PT, PMDB e PP.

Pedido ressalta possível participação de Lula

“Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação não pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pelo esquema em curso na Petrobras, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidária sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal”, justifica o pedido.

O texto também afirma que a apuração dos fatos “não pode estar dissociada da realidade fática que se busca elucidar”. O documento, o “esquema de poder politico” teria durado por aproximadamente 10 anos, inclusivo no período de governo de Lula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.