Twitter anuncia cortes e demissões

A crise financeira chegou também às redes sociais. Na tarde desta terça-feira (13), o Twitter anunciou que vai demitir 336 dos seus funcionários. Ou seja, 8% do efetivo total da empresa. A medida faz parte de um plano de reestruturação e economia.

Os cortes, anunciados depois da confirmação como CEO do cofundador Jack Dorsey, custarão até US$ 20 milhões em função dos encargos trabalhistas. A informação é do Twitter, em um documento da bolsa.

“Tivemos de tomar esta decisão extremamente difícil: pretendemos demitir até 336 pessoas em toda a companhia. Nós vamos fazer isso com o máximo de respeito por cada uma delas”, disse Dorsey.

“O Twitter irá até onde for preciso para cuidar de cada indivíduo, garantindo generosos pacotes de saída, e para ajudar a conseguir um novo emprego. Vamos aproveitar este momento para expressar nossa gratidão por todos aqueles que estão nos deixando. Vamos honrá-los fazendo o nosso melhor para servir todas as pessoas que usam o Twitter”, acrescentou o cofundador.

Agora, a companhia está trabalhando para aumentar sua evolução. Em Julho, dados apontaram há crescimento mais lento da média de usuários mensais desde que a companhia abriu capital em 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.