Sistema único vai integrar informações de órgãos de segurança do país

Pelo menos nove órgãos públicos vão integrar o Sisnacc (Sistema Nacional de Comunicações Críticas) nas Olimpíadas de 2016. A ferramenta, mecanismo que está sendo desenvolvida desde o ano passado, permitirá que toda a estrutura de segurança pública do país utilize os mesmos códigos e os mesmos canais de frequência, facilitando a comunicação entre eles durante os jogos, quando será testado, e depois. As informações são do Fato Online.

A ideia, com o mecanismo, é agilizar os entendimentos necessários para situações de emergência e que necessitem de ação coordenada entre diferentes órgãos. Hoje, apesar de toda a tecnologia existente, o sistema de comunicação dos órgãos ainda é analógico em dez estados do país.

O principal teste será no Rio de Janeiro, durante as Olimpíadas. “Hoje, é como se fosse uma Torre de Babel. Cada um fala uma língua”, compara, em entrevista exclusiva ao site Fato Online, o general Antonino dos Santos Guerra Neto, vice-chefe de Tecnologia da Informação do Departamento de Ciências e Tecnologia do Exército. “Agora, todos falarão na mesma faixa de frequência”, salientou.

Além do Exército e da Secretaria de Segurança Pública, irão integrar o ferramenta a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil); a SAC (Secretaria de Aviação Civil); as Polícias Federal, Militar e Civil; a Infraero; a Abin (Agência Brasileira de Inteligência); a Receita Federal; a FAB (Força Aérea Brasileira); a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.