Justiça autoriza depoimento de Dilma como testemunha na Operação Zelotes

A Justiça Federal autorizou, nesta quarta-feira (21), depoimento da presidente Dilma Rousseff como testemunha de um dos réus da Operação Zelotes, o empresário Eduardo Valadão. 


A Operação Zelotes, deflagrada em março de 2015, investiga o suposto pagamento de propina para integrantes do Carf com o objetivo de anular ou reduzir débitos tributários de empresas com a Receita Federal. A força tarefa que apura o caso apura ainda a venda de duas medidas provisórias durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva e uma no governo Dilma Rousseff.

A autorização para o depoimento da presidente foi assinada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira. O Palácio do Planalto, no entanto, disse que Dilma ainda não foi notificada, por isso não comentaria a decisão.

Vale lembrar que presidente tem a prerrogativa de poder responder por escrito às questões. De qualquer maneira, ela terá de responder, ainda que seja para dizer que não tem informações para dar.

Os questionamentos deverão ser elaboradas tanto pelo Ministério Público Federal quanto pelo advogado de Eduardo Valadão.

Além de Dilma, o juiz também autorizou depoimentos de outros políticos como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, agendado para a próxima segunda (25).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.