Governo muda de opinião e anuncia recriação de Ministério da Cultura

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse, neste sábado (21) que o presidente em exercício Michel Temer vai voltar com o Ministério da Cultura (Minc). A medida deve ser anunciada na próxima terça-feira (24). O novo ministro será Marcelo Calero.

Com a decisão, a Cultura deixa de ser uma secretaria, como se tornou após decisão da equipe de Temer, e não ficará mais fundida ao Ministério da Educação.

Histórico

Artistas brasileiros e servidores do Ministério da Cultura protestaram, inclusive no festival de Cannes, contra a decisão do presidente em exercício.

Nesta sexta-feira (20), uma edição extra do “Diário Oficial da União” anunciou medida que dava status de “natureza especial” ao secretário da Cultura.

Agora, depois de ouvir artistas e representantes do setor, o presidente em exercício decidiu reverter a decisão e devolver à Cultura o status de ministério.

Mulher era opção para a pasta

Antes de indicação de Calero, a ideia de Temer era colocar uma mulher para comandar o órgão e, assim, responder às críticas de uma equipe exclusivamente de homens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.