Temer critica articulação para encurtar recesso

A articulação por parte de peemedebistas para reduzir o recesso parlamentar em julho teria incomodado o vice-presidente Michel Temer, que não deu permissão para que seus aliados coloquem o plano em prática.

“Ninguém falou desse assunto comigo. O Henrique Meirelles me disse ontem que tem gente falando demais, e ele tem razão”, irritou-se Michel Temer, segundo fontes próximas.

Parte dos peemedebistas debate diminuir o período de descanso do Congresso para acelerar o processo de impeachment. Assim, os primeiros 60 dias do eventual governo seriam aproveitados para aprovar medidas econômicas. A suposta articulação foi publicada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” no último sábado (30).

O receio de aliados de Michel Temer é que, diante da ameaça de um recesso branco a partir de agosto, por conta das eleições municipais, a nova administração enfrente problemas para garantir quórum.

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *