Temer se reunirá com governadores para negociar dívida dos estados

Após a decretação de estado de calamidade pública pelo Rio de Janeiro devido à crise financeira, o presidente interino da República, Michel Temer deve se reunir na próxima segunda-feira (20), no Palácio do Planalto, com todos os governadores para tentar negociar a dívida dos estados.

Desde que assumiu o governo, em 12 de maio, Temer conversou cinco governadores para tratar do tema. No entanto, essa será a primeira vez que o peemedebista encontrará com todos os governadores para discutir o impasse sobre o parcelamento do montante a ser pago pelos estados para a União.

Na reunião, Temer e governador do Rio, Francisco Dornelles, também devem tratar de um eventual socorro federal ao estado.

Histórico

No início do mês, o Ministério da Fazenda apresentou aos representantes dos estados uma contraproposta que altera o tempo de carência do pagamento das parcelas da dívida dos estados com a União.

Na proposta, o prazo de carência das prestações cai de 24 meses, (como propuseram os estados), para 18 meses, com descontos escalonados. Porém, os secretários de Fazenda ficaram insatisfeitos com a ideia da equipe econômica.

Vale lembrar ainda que Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que os estados cheguem a um acordo em até 60 dias para que todo o processo de renegociação não seja anulado. Em meio a essa situação, representantes dos estados pediram ao Ministério da Fazenda menos contrapartidas para voltarem às renegociações da dívida dos estados e do Distrito Federal com a União.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.