Para Lula, momento facilita queda do processo de impeachment

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, em a uma rádio em Petrolina (PE) nesta terça-feira (12), que no cenário de hoje está “mais fácil” para derrubar o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff no Congresso. Na avaliação do líder petista, o resultado do processo está nas mãos de seis senadores.

“Hoje derrotar o impeachment é mais fácil do que antes”, salientou Lula à “Rádio Jornal”. “Antes você tinha uma Câmara incontrolável. Agora Dilma está dependendo de seis votos, são seis senadores que podem mudar o destino do país, devolvendo a Dilma o mandato popular que o povo deu a ela e, portanto, somente o povo poderia tirá-la”, completou.

Um dia antes, na passagem por Juazeiro (BA), Lula ainda fez críticas ao presidente interino, Michel Temer. Para ele, Temer privatiza “porque não sabe governar”.

Na ocasião, ele também culpou o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pela crise política do Brasil. Ele disse que “a coisa desandou” desde o ano passado principalmente “porque elegeram um cidadão como presidente da Câmara que se utilizou do cargo para atrapalhar Dilma a governar este país”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.