Evento nacional vai debater medidas de combate à corrupção em Cuiabá/MT

Em meio a uma realidade bem diferente de anos atrás, a sociedade tem discutido sobre o fenômeno da corrupção. A sociedade tem debatido sobre os remédios mais eficientes para combater esse mal que assola o País. Diante desse cenário, a Editora Fórum promove o 10º Fórum Brasileiro de Combate à Corrupção na Administração Pública, entre os dias 6 e 7 de dezembro, no auditório dos Pássaros, em Cuiabá/MT. Dentre os renomados palestrantes, o advogado e professor de Direito Jorge Ulisses Jacoby Fernandes tratará do tema Corrupção e os desafios para o controle de preços das contratações públicas.

O evento propõe a realização de um debate plural, com renomados expositores, para discutir, entre gestores públicos e renomados juristas, as melhores práticas e técnicas para combater a corrupção. As discussões tratarão também do papel dos órgãos de controle, de investigação e do judiciário, além de seus maiores desafios como defensores dos recursos públicos. A décima edição do Fórum de Combate à Corrupção é uma parceria entre a Editora Fórum e o gabinete de Transparência e de Combate à Corrupção do Governo de Mato Grosso.

Além de Jacoby Fernandes, a programação contará, no dia 6 de dezembro, com a participação do ministro do Tribunal de Contas da União – TCU Augusto Nardes e a palestra Desafios da governança pública em tempos de crise; da doutora em Combate à Corrupção, Cristiana Fortini, ministrando aula sobre Compliance como instrumento de mitigação de risco de corrupção na interação público-privado; do procurador do Rio Grande do Sul, Juliano Heinen, explicando sobre Técnicas preventivas de combate à corrupção. Ainda, o promotor de Justiça de Goiás Flávio Cardoso Pereira, que tratará sobre a Reconfiguração cooptada do Estado: o auge da corrupção?; e o desembargador federal da 3ª Região, Fausto De Sanctis, tratando sobre A atuação do judiciário no enfrentamento à corrupção no Brasil.

No dia 7, a advogada-geral da União Grace Mendonça fará a palestra A defesa dos recursos públicos para efetivação dos direitos fundamentais; e o delegado Federal Getúlio Bezerra tratará sobre Corrupção e os novos desafios para o combate ao crime organizado. Na parte da tarde, a juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Selma Arruda, cuidará do tema Desafios do Judiciário no Combate à Corrupção; os auditores da Controladoria-Geral da União – CGU Franklin Brasil e Kleberson Roberto de Souza ministrarão palestra sobre Prevenção e detecção de fraudes em licitação. Finalizando o evento, o delegado da Polícia Federal Carlos Eduardo Sobral falará sobre Autonomia e atuação da Polícia Federal no combate à corrupção; e o procurador regional da República José Robalinho Cavalcanti abordará sobre A independência do Ministério Público na condução das operações de investigação.

Os interessados devem acessar o site da Editora Fórum (www.editoraforum.com.br) e preencher o formulário de inscrição do evento. Os participantes ganharão o livro As raízes da corrupção no Brasil – Estudo de casos e lições para o futuro, de Lucas Rocha Furtado. Nos dois dias de evento, os presentes participarão de coffee break e receberão material de apoio e certificado.

Serviço:

10º Fórum Brasileiro de Combate à Corrupção na Administração Pública

Data: 6 e 7 de dezembro de 2016

Local: Auditório dos Pássaros, av. Bernardo Antônio de Oliveira Neto, s/nº

Jardim Santa Marta, Cuiabá-MT

Inscrições aqui.

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

One thought on “Evento nacional vai debater medidas de combate à corrupção em Cuiabá/MT

  • 12/11/2016 em 07:49
    Permalink

    Em Cuiabá/MT não tem jeito de acabar com a corrupção, Mendes solta todos. Precisa fazer uma devassa em terras, mais de 1300 políticos, empresários e até em nome de pessoas mortas tem fazendas no nome. Precisa fazer um levantamento em qual Cartório foi falsificado as Escrituras, depois ver em que Município que cria o número do INCRA ,ai o corruto vai na RF buscar o número, depois vai no seu município e registra a Escritura ! Tai a dica, MT deve ter muitas fazendas nas mãos de peixe grande.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.