Ministério do Esporte consolidará prestação de contas dos Jogos Olímpicos de 2016

Por meio da Resolução nº 01/2018, o Comitê Gestor dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 deverá fazer o levantamento e consolidação das informações relacionadas à prestação de contas relativas aos Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpico de 2016, até 2 de maio deste ano e encaminhar ao Ministério do Esporte. O documento deve conter renúncia fiscal total; aumento de arrecadação; geração de empregos; número de estrangeiros que ingressaram no País para assistir aos Jogos; e custo das obras.

Assim, a resolução fixa que o Ministério da Fazenda, em conjunto com a Receita Federal, deverá encaminhar informações relativas à renúncia fiscal total e ao aumento de arrecadação. Já o Ministério do Trabalho ficará responsável por encaminhar informações relativas à geração de empregos atrelados aos eventos.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por sua vez, deverá encaminhar informações relativas ao número de estrangeiros que ingressaram no País; e as informações relativas ao custo das obras realizadas deverão ser providenciadas pelo Ministério do Esporte, que poderá acionar outros órgãos e entidades com vistas a obter informações relacionadas a recursos não incluídos em seu orçamento. Com as informações, a Secretaria Executiva do Ministério do Esporte consolidará os dados, para posterior encaminhamento ao Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União.

Benefícios definidos por lei

Com isso, o advogado e professor de Direito Jorge Ulisses Jacoby Fernandes destaca que os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 se encerraram, mas as medidas administrativas para a demonstração dos gastos e aplicação dos recursos ainda seguem em curso na Administração Federal.

“Para a realização dos eventos, uma série de medidas foi adotada pelo governo para permitir um custo mais baixo para a construção dos equipamentos e importação de produtos. Os benefícios tributários atrelados aos jogos foram estabelecidos na Lei nº 12.780, de 09 de janeiro de 2013”, esclarece Jacoby Fernandes.

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *