Imprensa Nacional terá portal do Diário Oficial da União reformulado

O portal da Imprensa Nacional, onde é publicado o Diário Oficial da União, irá passar por mudanças. O layout terá alteração significativa, se comparado ao utilizado atualmente. Além disso, o portal irá alinhar a sua interface às normas e diretrizes do padrão de Identidade Digital de Governo.

De acordo com o informado no portal da Imprensa, o novo site contará com uma única coluna de navegação, que será mais intuitiva. Também passará por mudanças na parte de pesquisa, com filtros mais funcionais, além de mais facilidade ao acesso à leitura do jornal.

Lembrando que, a partir de maio o acesso ao DOU poderá ser cobrado. Foi o que estabeleceu a Portaria nº 296/2018. O site da Imprensa Nacional, contudo, ainda não menciona nada sobre os eventuais valores que poderão ser praticados.

De acordo com o advogado e professor de Direito Jorge Ulisses Jacoby Fernandes, quanto mais intuitivo, simples e prático for o portal, mais aproximação com o usuário ele terá. “O cidadão que procura o site não quer ter trabalho nem dificuldade, por isso o acesso fácil é ideal para oferecer serviço de qualidade. Ainda, a reestruturação do site busca torná-lo um canal mais eficiente na divulgação proativa e espontânea de dados. A transparência dos dados é uma das mais efetivas medidas de combate à corrupção, já que incentiva o controle social”, destaca Jacoby Fernandes.

Para auxiliar o gestor público, o professor Jacoby Fernandes e sua equipe produzem o Resumo DOU, um videocast e podcast diário que traz os principais destaques do Diário Oficial da União. O material é voltado para os servidores públicos, mas pode ser utilizado por qualquer cidadão que deseje saber o que saiu de importante no DOU naquele dia.

Diário Oficial da União

Após 155 anos, a Imprensa Nacional produziu a última edição impressa do Diário Oficial da União em 30 de novembro de 2017. Desde 1º de dezembro, o DOU ficou disponível somente na versão online. De acordo com a Casa Civil, responsável pela publicação oficial, a impressão consumia 60 toneladas de papel jornal todo mês, com um custo aproximado de R$ 204 mil mensais.

O Diário Oficial circula desde 1º de outubro de 1862. As edições costumam ultrapassar duas mil páginas diariamente. Dividida em três seções, a publicação apresenta leis sancionadas, decretos do presidente da República, portarias ministeriais, nomeações, exonerações e licitações.

A versão digital está disponível desde 1997. Até 2017, o site da Imprensa Nacional recebia 23 mil acessos diariamente, enquanto a tiragem da versão imprensa era de cerca de seis mil exemplares. Na década de 1990, chegaram a ser impressos 90 mil exemplares diariamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Avatar
    28/04/2019 a 00:53
    Permalink

    É um absurdo o quê fizeram na reformulação do site da Imprensa Nacional. A ferramenta de busca que permitia acessar, de forma simples e funcional, as edições do Diário Oficial da União – DOU, desde 1990, foi desabilitada e substituída por um mecanismo de busca que me parece retornar resultados só até 2013, além das páginas de resultado não carregarem direito. No caso de anos anteriores, as edições estão zipadas, por ano e mês, no formato de documento xml. Só um expert para encontrar informações nesse novo site.

    Responder
  • Avatar
    25/04/2019 a 09:57
    Permalink

    Uma negação esse novo Diário Oficial da União, as buscas ficaram mais complexas ao invés de facilita-lá.

    Responder
Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.