Papa pede a paróquias europeias que acolham famílias de refugiados

Neste domingo (6), o papa Francisco pediu às “paróquias, comunidades religiosas e mosteiros” da Europa que acolham refugiados como um gesto prévio ao Jubileu da Misericórdia. Ele garantiu que assim farão nos próximos dias “as duas paróquias do Vaticano”.

“Diante da proximidade do Jubileu da Misericórdia, peço às paróquias, às comunidades religiosas, aos mosteiros e aos santuários de toda Europa que acolham uma família de refugiados. Um gesto concreto em preparação ao Ano Santo da Misericórdia”, salientou o pontífice.

 “Que cada paróquia, cada comunidade religiosa, cada mosteiro, cada santuário da Europa acolha uma família, começando pela minha diocese de Roma”, disse o papa, em discurso no Palácio Apostólico do Vaticano após a reza do Ângelus dominical.

O papa afirmou ainda que a misericórdia de Deus é reconhecida através das obras humanas “como a vida da beata madre Teresa de Calcutá”, lembrou.

“Diante da tragédia de dezenas de milhares de refugiados que fogem da morte por causa da guerra e da fome, e que empreenderam uma marcha movidos pela esperança, o Evangelho nos chama a ser ‘próximos’ aos mais fracos e abandonados. A dar a eles uma esperança concreta”, completou Francisco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.