Chico Buarque desautoriza uso de suas composições

O cantor, escritor e compositor Chico Buarque retirou a autorização para o uso de suas composições no musical “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, depois que o ator e diretor do espetáculo, Cláudio Botelho, se posicionou, em palco, contrário à presidente Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula no meio do espetáculo.

Segundo Maurício Meirelles, colunista do jornal Folha de S. Paulo, o músico carioca retirou a autorização para este ou qualquer outro espetáculo que envolva o nome de Cláudio Botelho.

A confusão aconteceu na noite deste sábado (19), durante a apresentação no Sesc Palladium, em Belo Horizonte. No meio da encenação, Botelho teria dito um texto que não estava no original: “Era também a noite em que um ex-presidente ladrão foi preso”. Depois teria questionado: “Será que todo mundo vendo a novela das 20h ou esperando a notícia de um presidente que foi preso?”.

Grande parte do público reagiu às falas e vaiaram o ator. A plateia também gritou “não vai ter golpe”. Muitos deixaram o teatro após o problema e a peça acabou sendo interrompida no mesmo momento pelo próprio diretor. A sessão do último domingo (20) foi cancelada e, como Chico desautorizou o uso de suas músicas, não há previsão para que o espetáculo volte a ser apresentado.

Em entrevista ao jornal O Globo, Botelho, que é mineiro de Araguari, afirmou que fez “brincadeiras” em outras cidades e esta seria a primeira vez em que o público teria reagido negativamente. O ator e diretor chamou a plateia de “fascista” e disse que estava sendo censurado.

Áudio racista

Uma gravação feita por um anônimo e disponibilizada no SoundCloud pela Mídia Ninja revela falas agressivas que seriam de Botelho. Ele teria se exaltado no camarim após a confusão. Inflamado, ele supostamente afirmou: “O artista no palco é um rei! Não pode ser peitado. Não pode ser interrompido por um negro, por um filho da p…”.

Posicionamento

O Sesc e a Pólobh – produtores da peça – divulgaram nota reiterando que são “instituições apartidárias” e pediram desculpas pelos transtornos gerados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.