Michel Sarkis tem missão de manter lucros do Banestes

Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) ganhou um novo diretor-presidente no fim de janeiro. Seu nome é Michel Sarkis e ele terá a difícil missão de consolidar a gestão bem-sucedida do banco que soube superar a crise de 2015 e conseguiu tirar os números da instituição do vermelho.

“Vamos construir uma nova história para o Banestes. Daremos continuidade ao que vem sendo feito e vamos fazer o máximo possível para atender, melhor ainda, os nossos mais de um milhão de clientes”, afirmou Michel Sarkis, na solenidade de sua posse no Palácio Anchieta, em Vitória (ES).

Com uma carreira construída na iniciativa privada em São Paulo, ele atua pela primeira vez numa empresa controlada pelo poder público. O Banestes é uma empresa de economia mista cujo maior acionista é o o governo do Estado do Espírito Santo. Para ele, trabalhar no banco é uma oportunidade com valor especial.

 

Conheça o currículo de Michel Sarkis

 

Entre 1986 e 1990, ele cursou administração de empresas na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), principal instituição de ensino público sediada no Estado.

Logo após se formar, Michel Sarkis ingressou no escritório da prestigiada empresa de auditoria empresarial Price WaterHouse de Vitória. Sua ascensão foi rápida. Três anos depois, ele foi transferido para a sede da empresa em São Paulo, onde permaneceu até 1995.

Em seguida, Michel Sarkis teve passagens pela Pepsi Cola, Prosegur e Telemar. Depois, ingressou na Contax, onde chegou como diretor-administrativo e saiu como CEO. Nos últimos quatro anos, Michel Sarkis esteve à frente da Inbrands, empresa de capital aberto que atua no segmento de varejo de vestuário.

 

Michel Sarkis no programa “Grandes Encontros”

 

O diretor-presidente do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), Michel Sarkis, participou do programa “Grandes Encontros”, promovido Empiricus considerada maior empresa de consultoria financeira do Brasil em seu canal na internet.

A conversa ocorreu no início deste mês e, na oportunidade, Michel Sarkis falou do potencial do Banestes, banco fundado há 80 e que é controlado pelo governo do Estado do Espírito Santo.

É um banco muito competitivo no mercado, que atua de igual para igual com os grandes players do mercado, como Banco do Brasil, Caixa Econômico, Bradesco, Itaú, Santander”, afirmou Michel Sarkis.

A conversa contou com a participação do analista de bancos da Empiricus, Max Bohm. Durante a entrevista, Sarkis explicou que o Banestes conta com 131 agências e uma carteira de 1 milhão de clientes.

Isso significa uma penetração muito expressiva em relação ao tamanho do estado (do Espírito Santo”, disse Michel Sarkis. “Todos os servidores do estado e grande parte dos servidores de todos os municípios são clientes do Banestes”, explicou.

Ao programa da Empiricus, Michel Sarkis explicou que, apesar da crise econômica, o Banestes conseguiu obter bons resultados nos últimos dois anos. “Tivemos um crescimento do lucro líquido: de R$ 150 milhões para R$ 160 milhões”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.