Diário Oficial da União de terça-feira, 11 de abril de 2017

TCU aplica CPC/15 e impõe multa por embargos protelatórios

O plenário do TCU utilizou os preceitos do atual Código de Processo Civil para fixar multa por embargos protelatórios a um litigante que ingressou com embargos de declaração para reexame da matéria sucessivas vezes.

Conforme destaca matéria publicada no portal Migalhas, o relator, ministro Bruno Dantas, ponderou no julgamento que “não é mais admissível que o processo seja utilizado como instrumento de prejudicar direitos, ocultar a verdade, retardar ou dificultar a aplicação da lei. A concepção moderna de processo prescreve ser ele o meio, e não o fim em si mesmo”.

O ministro afirmou que se a intenção do autor é “guerrear contra o Estado” para ver reconhecido direito a que entende fazer jus, o caminho para o litígio é o Judiciário e não a Corte de Contas.

“Maliciosamente, o recorrente tem forçado o reexame da matéria por sucessivos embargos de declaração, tumultuando o processo e furtando do corpo técnico desta Casa e dos membros deste colegiado tempo que poderia estar sendo utilizado em processos de maior materialidade e relevância”, destacou Bruno Dantas.

Comentário do professor Jacoby Fernandes: o Código de Processo Civil já vinha sendo aplicado subsidiariamente pelo TCU, nos termos das Súmulas nos 103 e 145. Como o tema dos embargos já é tratado na Lei Orgânica e Regimento Interno do TCU, alguns preceitos já eram admitidos, mas não as regras para a contagem de prazo nos moldes do novo CPC. Em tese, na forma do Regimento Interno, art. 287, § 3º, os embargos de declaração suspendem os prazos para cumprimento do acórdão embargado e para interposição dos demais recursos. Se considerados protelatórios, serão recebidos como petição, perdendo, assim, o efeito suspensivo. Na obra Tribunais de Contas do Brasil já vínhamos defendendo que a má-fé processual não pode ser permitida, e, percebendo-se o uso abusivo dos embargos, ou sua adoção sistemática com efeitos meramente protelatórios, podem as Cortes de Contas imputar multa.

Com informações do portal Migalhas.

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *