PMDB apóia ajuste fiscal do governo, petistas são contra, mostra pesquisa no Globo

Pesquisa feita pelo jornal O Globo, publicada nesta segunda-feira (2), mostra que 40 dos 59 deputados e senadores do PT ouvidos pelo jornal são contra as medidas de ajuste fiscal na forma proposta pelo governo. As medidas reduzem benefícios sociais como o seguro-desemprego, auxílio doença, pensão por morte e abono salarial. Apenas 18 parlamentares disseram concordar com as mudanças, um não deu opinião. Vinte parlamentares disseram que seguirão o encaminhamento do partido na votação, mas outros vinte afirmaram que não seguirão, e dez responderam que a adesão dependeria de mudanças nas medidas provisórias.
No Senado, a rejeição às medidas é praticamente unânime, com onze dos doze senadores petistas em discordância, mesmo após reunião de Lula com os parlamentares.
Na Câmara, dos 47 deputados petistas ouvidos, 29 querem que as MPs sofram ajustes, contra 18 que dizem aceitá-las como são. O grau de fidelidade a Dilma também é maior na Câmara que no Senado: 25 deputados disseram que pretendem seguir a orientação do governo, contra 15 que dizem que não o farão, e outros sete que afirmam pretender seguir o Planalto, desde que haja acordo para alterações nas medidas, segundo O Globo.
Já a cúpula do PMDB deu sinais na semana passada, em reunião na casa do vice-presidente, Michel Temer, que deve apoiar as medidas do governo para sanear a economia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.