Governo está “extremamente preocupado” com alta do dólar

Neste sábado, a presidente Dilma Rousseff disse que a disparada da cotação do dólar deixa o governo “extremamente preocupado”. Isso porque há empresas com dívidas na moeda americana.

A presidente salientou, porém, que o Brasil tem “reservas suficientes”. As afirmações foram feitas em Nova York, depois de participar de uma reunião com lideres da Índia, Alemanha e Japão.

Entenda

Na última semana, o dólar ultrapassou o valor de R$ 4, número histórica desde a implantação do Plano Real.

“Estamos extremamente preocupados, porque tem empresas endividadas em dólar. Então o governo terá uma posição bem clara e firme como foi essa que o Banco Central fez ao longo do final da semana passada”, explicou a presidente.

Segundo a presidente, as reservas do país podem evitar eventuais “desrupturas” causadas pela alta da moeda americana.

“O Brasil hoje tem reservas suficientes para que nós não tenhamos nenhum problema em relação a nenhuma desruptura por conta do dólar”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.