Contratações temporárias terão retração de 35% neste ano

As contratações temporárias no Brasil, neste ano, devem sofrer uma retração de 35%, em comparação a 2014. Enquanto a previsão para 2015 é de 105 mil temporários, no ano passado esse índice chegou a 163 mil.

A previsão é da Federação Nacional dos Sindicatos das Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado (Fenaserhtt) e do Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão de Obra e de Trabalho Temporário no Estado de São Paulo (Sindeprestem).

A maioria das contratações desta época do ano dura entre 61 e 90 dias, de acordo com informações de 48% das empresas pesquisadas. Entre os temporários selecionados, 70% serão treinados pelas contratantes.

Segundo as entidades, algumas empresas estão com receio de fazer novas contratações em virtude da crise econômica que o país enfrenta.

De acordo com as entidades, as empresas estão receosas com os rumos da economia e, por isso, evitam contratar até que exista mais estabilidade. Contudo, mesmo assim, a expectativa é de que quase seis mil temporários sejam efetivados depois do fim do contrato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.