Petrobras teve mais de R$ 20 bi de prejuízo com corrupção, diz procurador

O procurador da República Deltan Dallagnol calculou que o prejuízo com o pagamento de propinas e superfaturamento na Petrobras pode chegar a mais de R$ 20 bilhões.

Atualmente, de acordo com Dallagnol, o valor do prejuízo na Petrobras com base no que já foi periciado ultrapassa os R$ 6 bilhões.

Dallagnol defendeu a delação premiada. “As colaborações premiadas são o motor que move a Lava Jato. Permitem a agilização da investigação e exponencializam a investigação“, explicou ele a jornalistas durante congresso sobre o Ministério Público no Rio de Janeiro.

Mais um ano

Ainda segundo o procurador, ainda que nenhum fato novo surja, já existe material para que os investigadores da Lava-Jato trabalhem por pelo menos mais um ano.

“O que nós temos hoje é que apenas a propina da Petrobras envolveu mais de R$ 6,2 bilhões. Isso é uma parte do prejuízo envolvendo a Petrobras. Existe ainda o lucro ilícito que as empresas receberam por meio de práticas de superfaturamento usando cartel. Isso aponta que, possivelmente, o valor do prejuízo superará R$ 20 bilhões”, disse o procurador.

De acordo com ele, há ainda detalhes de “corrupção já descoberta em diversos outros órgãos públicos como o Ministério da Saúde, o Ministério do Planejamento, a Caixa Econômica Federal, a Eletronuclear e outros casos ainda em investigação sob sigilo”, apontou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.