Até 2019, Petrobras deve reduzir investimentos em 25% 

O Conselho de Administração da Petrobras definiu ajustes no Plano de Negócios e Gestão 2015-2019 (PGN 2015-2019). A informação é da própria estatal. Com a revisão, a Petrobras prevê investimentos de US$ 98,4 bilhões no período, o que equivale a uma redução de US$ 32 bilhões em relação ao valor inicial (US$ 130,3 bilhões). Ou seja, menos 25%.

De acordo com a nota enviada pela estatal, os ajustes levaram em conta os novos patamares do preço do petróleo e da taxa de câmbio e visam a manter “os objetivos fundamentais de desalavancagem e geração de valores para os acionistas”, estabelecidos no PGN 2015-2019.

Para as alterações, a Petrobras utilizou como premissa para as projeções de investimentos e custos, o novo preço do petróleo Brent e a taxa de câmbio, preservando “a prioridade dos projetos de exploração e produção (E&P) de petróleo no Brasil, com ênfase no pré-sal”.

Com relação aos gastos operacionais gerenciáveis, o valor previsto para 2015 permanece em US$ 29 bilhões e a programação para 2016 está sendo revisada no âmbito do detalhamento do orçamento anual em curso.

Também no novo Plano de Negócios e Gestão, os desinvestimentos (venda de ativos) para o biênio 2015-2016 foram preservados em US$ 15,1 bilhões, volume de recursos bastante superior aos US$ 700 milhões atingidos em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.