André Raduan é melhor gestor de renda fixa, segundo ranking da Exame

André Raduan, à frente da Asset do Itaú, foi eleito o melhor gestor de renda fixa de 2017. A conclusão foi do Centro de Estudos em Finanças da Fundação Getulio Vargas, após analisar mil fundos em pesquisa encomendada pela revista Exame. O prêmio, que é realizado no fim de cada ano, é uma espécie de oscar para o mercado financeiro.

Sobre projeção para economia de 2018, André Raduan é cauteloso, mas otimista. O gestor disse que espera crescimento econômico em 2018, sem impacto na inflação:

“Existe capacidade ociosa nas empresas e um estoque de mão de obra disponível em razão do desemprego, o que deve contribuir para segurar a inflação mesmo num ambiente de crescimento econômico. Isso permite que os juros continuem baixos. O rendimento dos papéis de renda fixa está comprimido, mas ainda vemos oportunidades em títulos prefixados. A situação das contas externas deve ser favorável no próximo ano, o que abre espaço para alguma valorização do real”.

André Raduan, melhor gestor de renda fixa de 2017
André Raduan, melhor gestor de renda fixa de 2017

No entanto, André Raduan alertou que a previsão não considera surpresas eleitorais.

Também da Asset do Itaú saiu o melhor gestor de 2017. É Marcello Siniscachi, diretor da gestora do banco. Para ele, o cenário-base de 2018 é positivo:

“Acreditamos que os juros e a inflação continuarão baixos e que haverá um crescimento sustentado da economia.”.

Marcello Siniscalchi chama atenção, no entanto, para as diversas variáveis que podem impactar o meio econômico.

“Hoje, o ambiente é benigno, com maior crescimento mundial. Mas um aumento da inflação nos Estados Unidos poderá levar a uma alta dos juros acima do esperado, o que prejudicaria o fluxo de recursos para países emergentes. Levando tudo isso em conta, vale a pena ser um pouco mais conservador e ter recursos disponíveis para comprar e vender quando for mais favorável. Quem souber esperar deverá ser recompensado.”, ressaltou.

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, apesar da recessão brasileira em 2015 e 2016, a Indústria de Fundos continua numa trajetória firme de desenvolvimento, atingindo uma taxa de crescimento de 17% em 2016, mostrando-se uma das mais seguras e inovadoras do mundo.

Os melhores gestores de fundos do mercado (Exame)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.