Principais noticias dos jornais nacionais de Sabado, 25 de Fevereiro de 2017

Manchete do jornal O Globo: Desgaste de Padilha preocupa o governo

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Padilha pede licença e deve se tornar alvo da Lava Jato

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Filantrópicas terão de pagar imposto, diz relator da Previdência

 

Interpol prende em Miami operadores do PMDB alvos da Lava Jato, diz a Folha

A Interpol prendeu nesta sexta-feira (24) em Miami, nos Estados Unidos, os operadores Jorge Luz e Bruno Luz, alvos da última fase da Operação Lava Jato.

Suspeitos de serem operadores do PMDB na Petrobras, eles eram considerados foragidos desde esta quinta (23).

O advogado Gustavo Teixeira afirma que os dois não estão detidos, mas apenas sendo interrogados, e que voltarão espontaneamente ao Brasil, como haviam prometido. O regresso, segundo a defesa, está marcado para esta sexta, com chegada a Brasília no sábado (25) pela manhã.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/02/25/interpol-prende-em-miami-operadores-do-pmdb-alvos-da-lava-jato-diz-a-folha/

 

Nunca operei dinheiro de campanha para o PMDB’ é o título de matéria no Estadão com fala de Yunes

O ex-assessor especial da Presidência José Yunes disse ontem que nunca operou “dinheiro de campanha para o PMDB”. Em entrevista à Rádio Estadão, ele ironizou o relato do ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho, que disse que ele teria recebido R$ 1 milhão em espécie em seu escritório de advocacia, em São Paulo.

Nunca operei dinheiro de campanha para o PMDB. Nego peremptoriamente que recebi dinheiro para a campanha do PMDB”, afirmou o advogado.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/02/25/nunca-operei-dinheiro-de-campanha-para-o-pmdb-e-o-titulo-de-materia-no-estadao-com-fala-de-yunes/

 

Temer nega caixa 2 e quer manter Padilha, diz O Globo

Temer conversou com Padilha, que está em Porto Alegre para tratamento de saúde, por telefone, na noite de quinta-feira. Acertaram uma licença médica, em princípio, até o dia 6 de março. A depender do resultado da cirurgia de próstata a que Padilha será submetido na próxima segunda-feira e do andamento das investigações, o afastamento poderá ser estendido.

Padilha se licenciou antes de o depoimento de Yunes se tornar público, logo depois de ficar internado por dois dias. A licença é por atestado médico e não está publicada no Diário Oficial. Na última segunda-feira, Padilha foi internado no Hospital das Forças Armadas em Brasília, com um quadro de hiperplasia prostática benigna. Ele teve uma obstrução urinária e precisou fazer um procedimento ambulatorial. O ministro deve ser operado segundafeira e, até o próximo dia 6 de março, ficará em recuperação.

http://equilibreanalises.com.br/entrevista/2017/02/25/temer-nega-caixa-2-e-quer-manter-padilha-diz-o-globo/

 

Padilha pede licença da Casa Civil e deve virar alvo da Procuradoria, diz a Folha

Aliados do presidente Michel Temer avaliam que a permanência do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, no governo tornou-se “muito difícil” após ele ter sido implicado pelo advogado José Yunes no episódio de entrega de um pacote por um operador ligado ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Um dos principais auxiliares de Temer, Padilha pediu licença do cargo citando motivos de saúde, viajou na quarta-feira (22) a Porto Alegre, onde tem residência, e deve passar, neste fim de semana, por uma cirurgia para a retirada da próstata.

Segundo a Folha apurou, assessores presidenciais acreditam que ele prolongará sua licença –inicialmente programada para até 6 de março– para dar tempo a Temer.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/02/25/padilha-pede-licenca-da-casa-civil-e-deve-virar-alvo-da-procuradoria-diz-a-folha/

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.