Principais noticias dos jornais nacionais de Domingo 26 de Março de 2017

Manchete do jornal O Globo: Uma nova igreja surge a cada hora no Brasil

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Odebrecht cometia fraude no exterior para pagar propina

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Exportação de carne perde US$ 130 mi em uma semana

 

Políticos tentam controlar Operação Lava-Jato, diz O Globo

À medida que a Operação Lava-Jato avança contra políticos, inúmeras medidas têm sido apresentadas no Congresso na tentativa de regular o tema. Ao menos dez projetos são monitorados por procuradores da força-tarefa, preocupados com o risco de que investigações sejam dificultadas.

Três propostas partem de senadores que estão na mira da investigação: o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), Fernando Collor (PTC-AL) e Gleisi Hoffman (PT-PR). Os projetos propõem punições para investigadores, magistrados e procuradores, além de alterar regras do estatuto das delações premiadas — considerado fundamental pela Lava-Jato para desvelar desvios na Petrobras.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/26/politicos-tentam-controlar-operacao-lava-jato-diz-o-globo

 

O dever constitucional do STF é o título de editorial no Estadão que defende manutenção do foro

Um falso debate tem ocupado importante espaço na agenda nacional. Segundo dados do Ministério Público Federal (MPF), em três anos recém completados, a Operação Lava Jato já levou ao Supremo Tribunal Federal (STF) 111 inquéritos – 83 deles originados da colaboração premiada de 77 ex-funcionários da Odebrecht –, 20 denúncias foram apresentadas e 12 foram aceitas, convertendo-se em ações penais em andamento na Corte Suprema. Diante de números tão expressivos – e que dão a medida do grau de corrupção que parece lubrificar as engrenagens dos mais altos escalões da República –, muito se tem questionado acerca da capacidade do STF de processar e julgar tamanho número de processos.

http://equilibreanalises.com.br/opiniao/2017/03/26/o-dever-constitucional-do-stf-e-o-titulo-de-editorial-no-estadao-que-defende-manutencao-do-foro

 

Ex-governador tucano recebeu propina de R$ 3 mi, segundo delação é o título de matéria na Folha sobre Teotônio Vilela

O ex-governador de Alagoas e presidente do PSDB no Estado, Teotônio Vilela Filho, que despontou como uma das principais lideranças tucanas no Nordeste, teria recebido R$ 2,8 milhões em propina durante seu mandato, segundo delatores da Odebrecht na Operação Lava Jato.

Vilela Filho comandou o Estado por dois mandatos consecutivos, de 2007 a 2014.

O repasse, segundo os delatores, foi feito por causa da atuação de Vilela Filho em favor da empreiteira nas obras do Canal do Sertão Alagoano, maior projeto de infraestrutura hídrica do Estado.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/26/ex-governador-tucano-recebeu-propina-de-r-3-mi-segundo-delacao-e-o-titulo-de-materia-na-folha-sobre-teotonio-vilela

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *