Principais noticias dos jornais nacionais de Terça-feira 28 de Março de 2017

Manchete do jornal O Globo: Estados deverão ter prazo para mudar previdência

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Planalto quer dar seis meses para Estados mudarem previdência

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: PSDB recua e isenta Temer em ação para cassar chapa

Manchete do jornal Valor Econômico: Temer recua e inclui Estados na reforma da Previdência

 

Congresso tenta reduzir desgaste na lei de abuso de autoridade, diz O Globo

Em uma estratégia de redução de danos de imagem do Congresso Nacional, os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Eunício Oliveira (PMDB-CE), decidiram levar o Ministério Público (MP) para dentro da discussão do projeto de lei sobre abuso de autoridade.

O clima no Senado é de aprovar, a toque de caixa, o relatório do senador Roberto Requião (PMDB-PR) que endurece as punições e amplia as hipóteses em que autoridades públicas podem ser enquadradas. A proposta, de autoria do líder do PMDB, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), é vista dentro do MP como uma tentativa de engessar investigações.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/28/congresso-tenta-reduzir-desgaste-na-lei-de-abuso-de-autoridade-diz-o-globo

 

Terceirização mais ‘dura’ vai ser sancionada, diz o Estadão

O presidente Michel Temer vai sancionar o projeto de lei que regulamenta a terceirização no País. A proposta que foi aprovada pela Câmara, na última quarta-feira, é considerada muito dura. Temer estava disposto a esperar a aprovação de um projeto mais brando, no Senado, mas desistiu por pressão de empresários e deputados.

O núcleo político do governo quer que Temer sancione o projeto sem vetos. O presidente pode, porém, retirar alguns trechos do texto, com o objetivo de abrir caminho para a inclusão das chamadas “salvaguardas” aos trabalhadores.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/28/terceirizacao-mais-dura-vai-ser-sancionada-diz-o-estadao

 

Temer desiste de terceirização branda e opta por projeto da Câmara, diz a Folha

Sob pressão da base aliada e do setor empresarial, o presidente Michel Temer desistiu da aprovação de um projeto mais brando para regulamentar a terceirização no país.

No final de semana, o peemedebista foi convencido a sancionar com vetos parciais a proposta aprovada na semana passada, criticada por integrantes do governo por ser “muito dura”.

Inicialmente, a ideia do presidente era fazer uma espécie de fusão entre as duas propostas, substituindo pontos exagerados da aprovada pela Câmara por trechos mais brandos da analisada pelo Senado.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/28/temer-desiste-de-terceirizacao-branda-e-opta-por-projeto-da-camara-diz-a-folha

 

Câmara põe em pauta projeto de 1999, diz o Valor

A Câmara dos Deputados e Senado pautaram seis projetos com alta ou muita alta chance de aprovação nos próximos 180 dias, segundo levantamento do grupo Estudos Legislativos e Análise Política do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap/Ello) para o Valor Política.

Os projetos com maiores probabilidades de aprovação estão todos na Câmara, mas isso não significa que o Senado não merecerá atenção. Os senadores discutirão um novo texto para a regulamentar os contratos de terceirização, para destacar pontos que se somariam à proposta aprovada pelos deputados semana passada, mas esse projeto ainda não está na pauta.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/2017/03/28/camara-poe-em-pauta-projeto-de-1999-diz-o-valor

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.