Principais noticias dos jornais nacionais de Quinta-feira 6 de Abril de 2017

Manchete do jornal O Globo: Regra de transição deve valer para todos

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Estados em crise querem rigor menor em socorro

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: 95 a favor. 251 contra. Placar indica desafio do governo para fazer reforma da Previdência

Manchete do jornal Valor Econômico: Partido político continua a nomear diretor de estatal

 

Bancada critica Renan por ‘batalha pessoal’, diz o Estadão

Os ataques do líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), ao governo do presidente Michel Temer têm provocado desconforto na bancada – a maior da Casa, com 22 integrantes. A avaliação é de que Renan precisa assumir uma postura de liderança, e não transferir problemas pessoais aos correligionários. Apesar disso, a maioria dos descontentes evita o enfrentamento com o parlamentar, que mantém o prestígio e a influência de quem já foi quatro vezes presidente do Senado.

Em jantar anteontem na casa da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), Renan reuniu mais da metade da bancada e afirmou que o “presidente Michel Temer não tem para onde ir”. O evento foi organizado pelo senador em busca de apoio. Ontem, Renan repetiu a frase na tribuna do plenário.

http://equilibreanalises.com.br/clipping/noticias/2017/04/06/bancada-critica-renan-por-batalha-pessoal-diz-o-estadao

 

Após Renan ‘esticar a corda’, PMDB reage é o título de matéria no Globo

Bem que a anfitriã, a ex-ministra dilmista Kátia Abreu (PMDB-TO), se esforçou para convencer os governistas da bancada do PMDB no Senado que o jantar em sua casa, que entrou pela madrugada de quarta-feira, não seria uma reunião dos rebelados aliados do líder Renan Calheiros (AL) para conspirar contra o governo Michel Temer. Renan, que na tarde de terça-feira atacara duramente o governo e dissera ter afinidade com o ex-presidente Lula, não perdeu a oportunidade de continuar com o discurso provocativo nas mesas por onde se sentou. Mas já no jantar, e ontem ao longo do dia, senadores do PMDB começaram a reclamar com ele que seus problemas eleitorais de Alagoas não poderiam ser levados para dentro da bancada.

http://equilibreanalises.com.br/clipping/noticias/2017/04/06/apos-renan-esticar-a-corda-pmdb-reage-e-o-titulo-de-materia-no-globo

 

Ameaçado, Renan se volta a Alagoas e fala até de cemitério é o título de matéria na Folha

Além de fazer críticas e afastar-se do presidente Michel Temer, o senador Renan Calheiros (PMDB) teve uma agenda movimentada nas últimas semanas.

Entrou no Instagram, voltou ao Twitter, debateu o problema das vagas em cemitérios de Maceió e assinou a filiação ao PMDB de um prefeito que há pouco mais de dois anos o chamou de “ladrão de petróleo”.

Acuado pelas investigações da Operação Lava Jato, Renan resolveu reagir de olho nas eleições de 2018.

http://equilibreanalises.com.br/clipping/noticias/2017/04/06/ameacado-renan-se-volta-a-alagoas-e-fala-ate-de-cemiterio-e-o-titulo-de-materia-na-folha

 

PMDB é o principal entrave para aprovar PEC, diz o Valor

A exemplo do que acontecia com o PT nos governos Lula e Dilma, a divisão do PMDB está ampliando as dificuldades do governo para convencer os parlamentares a aprovar a reforma previdenciária. Ainda assim, os líderes governistas avaliam que podem aprovar uma reforma relevante, preservando ao menos 70% da proposta original, inclusive a idade mínima. Desde que enviou a proposta de emenda constitucional (PEC), em dezembro, pesquisas indicaram ao governo que, para aprová-la, o Palácio do Planalto teria que negociar e fazer concessões aos aliados. Mas outros problemas começaram a interferir no planejamento, a começar pelos desencontros do PMDB.

http://equilibreanalises.com.br/clipping/noticias/2017/04/06/pmdb-e-o-principal-entrave-para-aprovar-pec-diz-o-valor

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.