Principais noticias dos jornais nacionais de Terça-feira 25 de Abril de 2017

Manchete do jornal O Globo: Marqueteiros do PT dizem que Dilma sabia de caixa 2

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Resultado de licitação do BB vaza 4 dias antes

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Maior assalto da história do Paraguai tem PCC e 4 mortes

Manchete do jornal Valor Econômico: Leilão de transmissão induz investimento de R$ 12,7 bi

 

PSB se declara contra reformas de Temer e ameaça abandonar o governo é a manchete do caderno de economia da Folha

O PSB decidiu na noite desta segunda-feira (24) se posicionar contra as reformas da Previdênciatrabalhista e o principal ponto da política.

Com isso, o partido caminha para se colocar na oposição ao governo Michel Temer. O pai do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), disse que o cargo do filho está à disposição.

Caso o partido se coloque mesmo como oposição, o que aconteceria com a entrega do cargo, a base do governo Temer na Câmara perderá 35 integrantes, passando de 411 para 376. Para aprovar uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) como a da reforma da Previdência são necessários ao menos 308 votos.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/25/psb-se-declara-contra-reformas-de-temer-e-ameaca-abandonar-o-governo-e-a-manchete-do-caderno-de-economia-da-folha

 

PSB fecha questão contra as reformas, diz o Estadão

O PSB, um dos maiores partidos da base aliada do governo, decidiu fechar questão contra as reformas trabalhista e previdenciária. Em um discurso de oposição, o presidente do partido, Carlos Siqueira, disse que essa posição inviabiliza a participação do PSB no governo Michel Temer. “O PSB não se vê obrigado a votar matérias que são contraditórias com sua história, com seu programa.”

Ele disse que o partido nunca integrou o governo Temer e que nunca solicitou cargos no Executivo, que a escolha do deputado licenciado Fernando Coelho Filho (PE) para o Ministério de Minas e Energia foi decisão pessoal de Temer. “O cargo não é do partido, porque nunca indicou. É do presidente da República, ele tem a plena liberdade para fazer o que desejar.”

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/25/psb-fecha-questao-contra-as-reformas-diz-o-estadao

 

Ministros deixarão cargos para votar pela reforma da Previdência, diz O Globo

Preocupado com a ameaça de partidos da base aliada de fecharem questão contra a proposta de reforma da Previdência, o presidente Michel Temer determinou, ontem, a seus 15 ministros que têm mandato de deputado federal que retornem à Câmara na semana que vem para reforçar a votação da matéria na Casa. A ordem de Temer foi dada praticamente no mesmo momento em que o PSB, o sexto maior partido da base, fechou questão contra as reformas previdenciária e trabalhista.

É um ato com simbolismo muito grande. É um reforço, como se fosse reforçar um time. A gente não vai ser prisioneiro de data — disse o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, que será um dos ministros que deixarão o cargo para atuar na Câmara.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-da-previdencia/2017/04/25/ministros-deixarao-cargos-para-votar-pela-reforma-da-previdencia-diz-o-globo

 

Para visualizar todas a noticias dos jornais nacionais, visite a pagina do site Equilibre Analises

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.