Principais noticias dos jornais nacionais de Terça-feira 6 de Junho de 2017

Manchete do jornal O Globo: A crise Temer

Manchete do jornal Folha de S.Paulo: PF envia a Temer 84 questões na véspera de julgamento no TSE

Manchete do jornal O Estado de S.Paulo: Sob clima de incerteza, TSE julga futuro de Temer

Manchete do jornal Valor Econômico: TSE deve manter Temer, mas ameaças persistem

 

Jucá descarta ‘atropelo’ em tramitação de reforma, diz o Valor

Líder do governo, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), prometeu ontem que não irá “melar” o acordo feito com a oposição e não atuará para acelerar a tramitação da reforma trabalhista no Senado. Jucá fez as afirmações via assessoria, em meio a rumores propagados por senadores da base e da oposição de que ele estava manobrando para que o projeto fosse levado a plenário ainda nesta semana.

“O senador Romero Jucá nega que ‘irá atropelar’ a tramitação da reforma trabalhista no Senado muito menos ‘melar’ o acordo feito com senadores da base e oposição”, disse a assessoria. “A matéria deverá ser votada amanhã [hoje] na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos). Na quarta, dia 7, o relatório do senador [Ricardo] Ferraço (PSDB-ES) segue para CAS (Comissão de Assuntos Sociais), onde deverá ser lido e dado vista coletiva. A votação na CAS se dará na próxima semana.”

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-politica/2017/06/06/juca-descarta-atropelo-em-tramitacao-de-reforma-diz-o-valor

 

Governo tenta acelerar reforma trabalhista, diz o Estadão

Como reação ao julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o governo quer acelerar a reforma trabalhista nas comissões do Senado para encerrar a tramitação do texto até a próxima semana. Em meio à crise política, o objetivo é passar a mensagem de que o governo ainda tem fôlego para aprovar uma das principais medidas econômicas defendidas pelo presidente Michel Temer.

A expectativa do Palácio do Planalto é aprovar nesta terça-feira, 6, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) o parecer favorável à reforma do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES). Apesar de saber que a disputa será acirrada, o governo conta com o placar de 14 votos favoráveis e 11 contrários no colegiado. Até mesmo parlamentares da oposição já trabalham com um cenário de derrota, mas ressaltam que vão tentar aprovar pelo menos uma modificação no texto final.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-trabalhista/2017/06/06/governo-tenta-acelerar-reforma-trabalhista-diz-o-estadao-2

 

Empresários pressionam Senado. Previdenciária não deve avançar, diz O Globo

Aliados do presidente Temer tentam apressar a votação da reforma trabalhista. O objetivo é votar o relatório nas comissões até semana que vem e aprovar em plenário este mês.

O Palácio do Planalto já admite que não conseguirá aprovar a reforma da Previdência na Câmara neste semestre e passou a investir todas as fichas na reforma trabalhista, que começa a ser apreciada hoje na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Ontem, o líder do governo na Casa, senador Romero Jucá (PMDB/RR), entrou em campo para que o cronograma de votações para apreciar o projeto que muda as relações de trabalho em plenário não passe de duas semanas. Sob pressão dos empresários, os senadores da base aliada não devem oferecer resistência, mesmo aqueles que defendem a saída do presidente Michel Temer do governo. A oposição promete fazer barulho, mas reconhece que será derrotada.

http://equilibreanalises.com.br/noticias/reforma-politica/2017/06/06/empresarios-pressionam-senado-previdenciaria-nao-deve-avancar-diz-o-globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.