Wikileaks divulga: EUA espionou Brasil

O site WikiLeaks publicou informações confidenciais da NSA (sigla em inglês para a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos) que revelam espionagem a contra a presidente Dilma Rousseff e alguns de seus ministros e assessores em 2011. Até o  avião presidencial da brasileira também teria sido alvo de interceptações.

A divulgação do site contém 29 telefones de ex-membros dos governos da petista, entre eles o do ex-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci. Também foram alvo do monitoramento americano ministros responsáveis pela gestão econômica do governo, um diretor do Banco Central, além de diplomatas e chefes militares.

A publicação acontece quatro dias depois da visita de Dilma ao presidente Barack Obama na Casa Branca, em Washington. Na ocasião, Dilma afirmou que confia no presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e disse ter superado a crise na relação bilateral provocada pela espionagem em 2013.

 

O WikiLeaks não informou se o arquivo foi obtido pelo ex-analista da NSA, Edward Snowden, que em 2013 revelou aos jornalistas Glenn Greenwald e Laura Poitras, por meio de documentos secretos, o alcance da espionagem da agência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.