Papa pede avanço nas relações entre Cuba e Estados Unidos

Em visita a Cuba, o papa Francisco pediu que o país e Estados Unidos avancem nas relações bilaterais e “desenvolvam todas as suas potencialidades”.

“Somos testemunhas de um acontecimento que nos enche de esperança: o processo de normalização das relações entre os dois países, depois de anos de distanciamento. É um processo, um sinal da vitória da cultura do encontro e do diálogo”, afirmou o Pontífice no Aeroporto Internacional José Marti, em Havana.

Antes do discurso do papa Francisco, o presidente de Cuba, Raúl Castro, declarou gratidão ao apoio de Francisco no restabelecimento das relações diplomáticas com os americanos, “um primeiro passo no processo de normalização das relações entre os países e que permitirá resolver problemas e reparar injustiças”, disse.

“O bloqueio, que provoca danos humanos e privações às famílias cubanas, é cruel, imoral e ilegal. Deve cessar”, disse o presidente cubano.

Agenda

Até terça-feira (22), o papa estará em Cuba, com passagens por Havana, Holguin e Santiago, para encontros com a população cubana e Fidel Castro. Em seguida, ele viajará para os Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.