Rússia autoriza envio de tropas à Síria

O Parlamento da Rússia apoiou nesta quarta-feira (30) o envio de tropas russas à Síria. A ação é um pedido do presidente do país, Vladimir Putin.

O anúncio foi feito pelo chefe da administração da presidência russa, Sergei Ivanov. “O presidente pediu à liderança de nosso país por assistência militar”, afirmou.

No entanto, de acordo com ele, a medida não significa que será necessário tropas terrestres no conflito. Segundo o porta-voz, o uso militar se refere apenas à força aérea do país.

“Como já disse nosso presidente, o uso das Forças Armadas em terra está descartado, e o alvo militar da operação é o apoio aéreo às forças governamentais sírias em sua luta contra o Estado Islâmico (EI)”, salientou Ivanov.

“Não se trata de conseguir objetivos em política externa, nem de satisfazer ambições, como nos acusam nossos parceiros ocidentais. Trata-se exclusivamente dos interesses da Federação da Rússia”, disse ainda.

De acordo com Ivanov, “a utilização das Forças Armadas no território de um terceiro país só é possível com base em uma resolução da ONU ou a pedido do governo legítimo desse país”. Por isso, “neste caso a Rússia será de fato o único país que atuará sobre uma base legítima: a pedido do presidente da Síria”.

O porta-voz afirmou ainda que o presidente da Síria, Bashar al Assad, pediu ajuda militar à Rússia oficialmente para combater os jihadistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.