Autoridades da Turquia atribuem explosões ao Estado Islâmico

Para autoridades da Turquia quase não restam mais dúvidas de que o Estado Islâmico é o responsável pelas duas explosões que mataram 95 pessoas neste sábado (10). Duas fontes sêniores de seguranças do país teriam afirmado à Reuters que o principal foco das investigações é o grupo radical islâmico.

Segundo a agência, uma das fontes, que preferiu não se identificar, disse que as explosões de sábado têm semelhanças com um ataque suicida que aconteceu em julho, na cidade de Suruc, perto da fronteira com a Síria. “Este ataque foi no estilo de Suruc e todos os sinais são de que foi uma cópia daquele ataque… os indícios apontam para o Estado Islâmico”, explicou a fonte em condição de anonimato.

“Todos os sinais indicam que o ataque pode ter sido realizado pelo Estado Islâmico. Nós estamos completamente focados no Estado Islâmico”, destacou a segunda fonte à Reuters.

Manifestações

Por conta dos atentados, centenas de manifestantes voltaram a se reunir neste domingo (11) em Ancara, capital da Turquia. Os manifestantes pedem paz. De acordo com a Reuters, voluntários revistam as pessoas que se juntam aos protestos. Muitas pessoas gritam frases contra o governo.

A legenda sigla opositora no país, o Partido Republicano do Povo (CHP, na sigla em turco), diz ter perdido 11 membros de sua organização juvenil nas explosões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.