Avião russo se despedaçou no ar antes de cair

O avião russo que caiu no sábado (31) no Sinai (Egito) explodiu ainda no ar antes de atingir o solo. A afirmação é do responsável pelas investigações das autoridades russas.

“A ruptura ocorreu no ar e os fragmentos estão espalhados por uma área de cerca de 20 quilômetros quadrados”, disse o diretor do Comitê Intergovernamental de Aviação (MAK), Viktor Sorotchenko.

Especialistas internacionais iniciaram neste domingo (01) a investigação da queda do avião na Península de Sinai, no Egito. Equipes de resgate participam das ações.

Estado islâmico

O Presidente Abdel Fattah al-Sissi salientou que é preciso esperar o resultado das investigações para chegar a alguma conclusão. No entanto, pelo Twitter, o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a responsabilidade do acidente.

“Vamos deixar os especialistas determinarem a causa da queda do avião, porque é objeto de um estudo técnico extenso e complicado”, completou al-Sissi.

Para os governos do Egito e da Rússia, porém, o Estado Islâmico não teria sido o responsável. De acordo com o primeiro-ministro egípcio Sharif Ismail, os especialistas haviam confirmado que os jihadistas não poderiam derrubar o avião Airbus 321, já que a aeronave estava a uma altitude de 30 mil pés: 9 mil metros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.