Polícia francesa afirma que um dos terroristas do Bataclan era francês

Um francês de origem argelina é um dos terroristas que invadiram o Bataclan. A polícia francesa encontrou dois carros, um passaporte sírio e já conseguiu deter vários suspeitos de participação nos atentados.

Segundo informações de agências francesas,os ataques em Paris foram executados de forma coordenada por três equipes de terroristas. O procurador da República de Paris, François Molins, afirmou que os terroristas estavam armados com fuzis kalashnikov.

Segundo Molins, sete terroristas morreram nos ataques. Três se suicidaram nas proximidades do estádio Stade de France, detonando explosivos. Outros três morreram no clube Bataclan. Um terceiro se explodiu na boulevard Voltaire. Os investigadores suspeitam que alguns conseguiram fugir.

Até o momento, porém, apenas um dos terroristas que morreram foi identificado. Ele é um dos três atiradores que invadiram o Bataclan. Seu nome é Omar Ismaël Mostefaï, um cidadão francês de 29 anos e origem argelina.

Mostefaï foi identificado por meio de uma impressão digital. Segundo o jornal francês Le Monde, seu nome fazia parte da lista de radicais islâmicos do governo francês desde 2010.

Seis parentes de Mostefaï estão sob custódia da polícia francesa, entre eles o pai, um irmão e uma cunhada. “É uma coisa de louco, é loucura”, afirmou o irmão, cinco anos mais velho do que Mostefaï.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.