Russos cumprem cessar fogo na Síria

A Rússia afirmou, nesta sábado (27), que suas Forças Aéreas suspenderam totalmente os bombardeios na Síria desde a meia-noite (19h em Brasília), mesmo momento em que entrou em vigor o acordo de cessar-fogo alcançado com os Estados Unidos.

“Levando em conta a entrada em vigor de uma resolução do Conselho de Segurança da ONU em apoio ao acordo de cessar-fogo entre Rússia e EUA, e para evitar qualquer possível erro ao realizar bombardeios, os caças-bombardeiros russos, incluídos os de longo alcance, não estão efetuando saídas sobre o território da Síria hoje, 27 de fevereiro”, apontou o chefe da direção principal do Estado-Maior, Sergey Rudskoi.

O general Sergey Kuralenko, chefe do Estado-Maior russo para a trégua na base de Khmeimim, disse ainda que a cessação total das ações russas “não significa que os terroristas do Estado Islâmico ou da Frente al Nusra possam respirar tranquilamente”. Segundo ele, toda a situação da Síria está sendo controlada.

O representante do Ministério da Defesa falou que “neste momento, as ações militares na Síria foram interrompidas em 34 cidades” da província de Hama. Ele complementou que na província de Homs também foram acordados cessação de hostilidades com comandantes de campo que controlam as distintas cidades.

Entenda

A trégua, apoiada pelo Conselho de Segurança da ONU, é a primeira deste tipo em cinco anos de guerra, que já resultou em 270 mil mortes.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, avisou Moscou e Damasco que o “mundo está observando” o respeito à trégua.

Mas, durante a trégua, o regime sírio, seu aliado russo e a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos ainda podem bombardear o Estado Islâmico e a Frente Al-Nosra, que ocupam mais metade da Síria.

Em Moscou, o presidente russo, Vladimir Putin, garantiu que vai prosseguir com sua “luta implacável” contra o EI, a Frente Al-Nosra e outras “organizações terroristas” excluídas da trégua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.