Bruxelas amanhece com ataques terroristas; 34 mortes estão confirmadas

Na manhã desta terça-feira (22), pelo menos 34 pessoas morreram e 170 ficaram feridas depois de explosões no aeroporto e no metrô de Bruxelas, na Bélgica. De acordo com a imprensa local, trata-se de um novo atentado terrorista na Europa. O Estado Islâmico teria reivindicado a responsabilidade pelos ataques. A informação é de uma agência de notícias ligada ao grupo, segundo a Reuters.

O governo belgo elevou o alerta para terrorismo para nível máximo. Há suspeitas de que as explosões são uma espécie de vingança pela prisão de Salah Abdeslam, principal suspeito pelos ataques de Paris em novembro. 

O primeiro-ministro belga, Charles Michel, condenou as explosões e disse que os atentados são “cegos, violentos e covardes”. “Temíamos um atentado terrorista e aconteceu”, lamentou.

Os números de mortos e feridos ainda não é oficial.

As duas primeiras explosões aconteceram por volta das 8h (4h de Brasília) no aeroporto de Zaventem.

A terceira aconteceu cerca de uma hora depois, na estação de metrô de Maelbeek. Tanto o sistema de metrô quanto o aeroporto estão fechados.

Vídeos e fotos publicadas em redes sociais mostram a situação de calamidade em que ficou um dos terminais do aeroporto internacional de Bruxelas.  

Segundo a imprensa belga, uma das explosões no aeroporto foi causada por um ataque suicida. A outra bomba estaria em um pacote.

A emissora belga RTBF ouviu uma pessoa afirmando que havia outras feridas e inconscientes no saguão do aeroporto, perto do hotel Sheraton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.