Capriles adverte: Venezuela é uma bomba

O líder opositor venezuelano, Henrique Capriles, avisou, neste sábado (14) sobre a possibilidade de implosão social, caso o governo impeça que seja realizado um referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro neste ano.

“Se vocês trancam a via democrática, nós não sabemos o que pode ocorrer neste país. A Venezuela é uma bomba que, em qualquer momento, pode explodir. E, portanto, convocamos todo o povo para que se mobilize pelo referendo”, afirmou Capriles no fim de uma manifestação ao leste de Caracas.

Próximo do decreto de estado de exceção e frente à prorrogação da emergência econômica publicados por Maduro na sexta-feira (13), Capriles disse para a população ficar “em alerta”, pois “não sabemos o conteúdo desse decreto”.

Esse novo decreto é “mais completo, mais integral”, afirmou Maduro, sem detalhar o alcance de eventuais restrições que seu governo poderia impor para contrariar “ameaças internacionais”.

Em cima de um caminhão rodeado de alto-falantes, o secretário executivo da aliança opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD), Jesús Torrealba, apontou que, “quando Maduro aprova um estado de exceção sem a aprovação do Parlamento, está cometendo uma violação da Carta Magna”.

Já o presidente do Parlamento, Henry Ramos Allup, avisou que o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) deve tentar “destituir a diretoria da Assembleia por desacato”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.