No Vietnã, Obama defende democracia e direitos humanos

O presidente americano Barack Obama destacou, nesta terça-feira (24), a importância da democracia e dos direitos humanos durante sua visita ao Vietnã, país comunista, que já foi inimigo dos Estados Unidos.  

“Garantir os direitos não é uma ameaça para a estabilidade de um país”, disse o presidente americano em seu discurso.

“Quando os candidatos podem concorrer livremente nas eleições, o país se torna mais estável porque os cidadãos sabem que seu voto conta”, salientou, um dia depois de uma eleição legislativa no Vietnã em que os candidatos independentes foram barrados. “Quando a imprensa é livre, o povo tem confiança no sistema”, afirmou ainda Obama.

Depois de se reunir na segunda-feira (23) com as principais autoridades do país e do Partido Comunista vietnamita, e de ter anunciado o fim do embargo da venda de armas ao Vietnã, Obama salientou a aproximação entre os dois países nos últimos 20 anos.

“Venho aqui, consciente do passado, de nossa difícil história, mas olhando para o futuro”, afirmou.

O presidente americano ainda elogiou os “extraordinários progressos” ocorridos no país de 90 milhões de habitantes na luta contra a pobreza e pediu aos jovens vietnamitas que “assumam o controle de seu destino”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.