Anastasia está sendo investigado para enfraquecer PSDB, diz FHC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, disse que o senador Antônio Anastasia (PSDB-MG) foi incluído pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entre os políticos que estão sendo investigados pelo Superior Tribunal Federal, com o único objetivo de enfraquecer ao PSDB, que é o principal partido da oposição. O senador Anastasia foi o principal coordenador do senador Aécio Neves, durante a campanha eleitoral do ano passado como candidato à Presidente da República.

Mas FHC evitou dizer quem foi o responsável pela inclusão do nome do parlamentar mineiro na lista do procurador Rodrigo Janot, mas observa que “o responsável final é o procurador”. Sobre a acusação apresenta pela procuradoria-geral da República para pedir que fosse investigado, FHC disse que “é vaga” e que “parece história da carochinha”. O senador Anastasia classificou sua inclusão entre os investigados como “uma armação”.

A ACUSAÇÃO

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que também está sendo investigado pelo STF, acha que só foi incluído na lista do procurador-geral “para poderem colocar Anastasia, também”. Afinal, Cunha e Anastasia aparecem em um mesmo depoimento da Operação Lava-Jato, em que o policial afastado Jayme Alves de Oliveira Filho, o Careca, disse ter entregue R$ 1 milhão ao tucano a mando de Youssef. O senador nega.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *