Dilma manda cortar R$ 15 bi dentro de ministérios

Em reunião com ministros neste sábado (12), a presidente Dilma Rousseff ordenou um pente fino nos gastos das pastas. Nesta primeira fase, informa o jornal O Estado de S. Paulo, ela teria pedido uma economia de R$15 bilhões nos cofres públicos. Entre as medidas, estão a reavaliação de investimentos, redução de contratos e corte de cargos comissionados.

Ainda segundo o jornal, a presidente convocou duas reuniões: uma pela manhã, com Aloizio Mercadante (Casa Civil), Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento); e a segunda de tarde, com outros ministros.

Acordo com o Congresso

A redução de gastos dentro do governo é uma exigência do Congresso antes de começar a debater possível aumento de impostos. Por isso, no encontro deste sábado (12), pelo menos um ministro de cada partido da coalizão governista estava presente. Do PMDB, partido do vice, Michel Temer, a representante foi a ministra da Agricultura, Kátia Abreu. Entre os petistas, estavam Carlos Gabas (Previdência) e Ricardo Berzoini (Comunicações).

Um dos objetivos da presidente ao ordenar corte de gastos nas pastas do governo é evitar o rebaixamento da nota brasileiro por outras agências de classificação, depois que a Standard & Poor’s retirou o selo confiabilidade do Brasil na semana passada.

A ideia, com as medidas, é mostrar que o Planalto está trabalhando para a rápida virada no cenário econômico do país.  Por isso, conforme forem sendo fechadas, as decisões serão comunicadas.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, uma das ações estudadas pelo Executivo é o encaminhamento de medida provisória que autoriza a União a venda de imóveis de sua propriedade, inclusive terrenos da Marinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.