Em nota, assessoria de Michel Temer diz que vice repudia teoria de conspirações

A assessoria do vice-presidente Michel Temer publicou nota oficial, neste domingo (6), repudiando o que chama de  “teorias” de que ele age como conspirador. O texto diz ainda que “divisão” e a “intriga” agravam a crise política e econômica.

A nota teria sido motivada por reportagens, artigos e análises publicados neste fim de semana. Tudo começou, no entanto, com uma fala do próprio vice-presidente, avaliando que se mantiver os atuais índices de popularidade, a presidente Dilma Rousseff dificilmente resiste a mais três anos à frente do Governo Federal.

Detalhes

A nota diz ainda que o vice “trabalha e trabalhará junto à presidente Dilma Rousseff para que o Brasil chegue em 2018 melhor do que está hoje”.

“Todos seus atos e pronunciamentos são nessa direção. Defende que todos devem se unir para superar a crise. Advoga que a divisão e a intriga são hoje grandes adversários do Brasil e agravam a crise política e econômica que enfrentamos”, aponta ainda o texto.

De forma mais agressiva, o texto diz também que Temer repudia “teorias” de que suas atitudes “podem levar à ideia de conspiração”. “Seu compromisso é com a mais absoluta estabilidade das instituições nacionais”, diz.

Por fim, o texto é concluído afirmando que “a hora é de trabalho e de união”. O compromisso do vice-presidente, aponta a nota, “é com a mais absoluta estabilidade das instituições nacionais.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.