Ministério da Agricultura é invadido pelo MST e ministra condena ação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) foi invadido por militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) na tarde desta quarta-feira (23). Segundo informações de funcionários do órgão, o grupo quebrou vidros da portaria principal, no térreo da sede. Os manifestantes portavam cartazes pedindo a reforma agrária e criticando a ministra Kátia Abreu.

A segurança do MAPA e a Polícia Militar controlaram a situação. No entanto, um segurança ficou levemente ferido. Segundo testemunhas, não houve prisões.

Mais tarde, por nota, a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, repudiou o ataque. “O ato, por sua gratuidade e violência, merece não só condenação moral, mas rigoroso enquadramento penal dos responsáveis, que, além da depredação do patrimônio público, feriram servidores incumbidos da segurança no local”, afirma.

“Tintas tóxicas foram espalhadas no chão, vidraças quebradas a martelo, mesma arma usada para atingir e lesionar servidores. Tal comportamento desvirtua o conceito de protesto e destoa da conduta da maioria dos trabalhadores brasileiros, que não manifesta sua insatisfação com agressão a pessoas e ao patrimônio público, cujos prejuízos recaem sobre a própria população, ressalta ainda a ministra da Agricultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.