Parlamentares petistas estão deixando o partido

Dois senadores e um deputado do PT estão deixando a sigla. O motivo é que eles estariam descontentes com os rumos do partido nos últimos tempos. A informação é do jornal O Globo. Os dissidentes são os senadores Paulo Paim (RS), Walter Pinheiro (BA) e o deputado Weliton Prado (MG) – que já pediu desfiliação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em maio, o parlamentar de Minas Gerais foi o única da sigla que votou contra a medida provisória que restringiu o acesso ao seguro-desemprego. Para ele, os números do Planejamento são injustificáveis. “Há tentativa de desgastar os servidores com a população diante do momento difícil do país”, disse ao jornal O Globo.

Em retaliação aos seus posicionamentos, afirmou o deputado, o partido tem o deixado de fora das comissões da Câmara das quais ele fazia parte. No plenário, a afirmação se confirma: ele tem sentado longe da bancada petista.

Negociações no Senado

No Senado, a sigla da presidente Dilma Rousseff tenta amarrar os descontentes. Para Walter Pinheiro, por exemplo, o PT chegou a levantar a possibilidade de uma candidatura à prefeitura de Salvador no próximo ano.

“Eu e Delcídio (Amaral) temos conversado com eles (Pinheiro e Paim). Não consideramos que estão fora. Há cogitação de ele (Pinheiro) ser nosso candidato à prefeitura de Salvador”, afirmou o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE).

Por outro lado, Pinheiro negou, em nota, que tenha intenção de disputar a prefeitura. “O senador Walter Pinheiro comunicou ao diretório municipal do Partido dos Trabalhadores que recebeu com surpresa a indicação de seu nome como pré-candidato para concorrer à prefeitura de Salvador, no pleito eleitoral de 2016. No comunicado, o senador diz que fica honrado, mas declina da indicação pois, no momento, sua prioridade é cumprir a missão que o povo da Bahia lhe conferiu no Senado”, detalha o documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carla Machado

Carla Machado

Jornalista com experiência em assessoria de imprensa, onde trabalhou na produção de conteúdo interno e externo e no atendimento à imprensa, e em jornal, revista e site, nos quais foi repórter. No dia 22 de maio de 2014, recebeu o prêmio Paulo Octavio de Jornalismo, pela categoria Melhor Série de Reportagem, com a série #Brasíliaquerandar, do Jornal de Brasília.