Prazo para mudar de partido termina na próxima sexta-feira (2)

Termina na próxima sexta-feira (02/10) o prazo para que os candidatos que querem disputar um cargo eletivo na eleição municipal possam mudar de partido.

De acordo com a legislação eleitoral, é exigido que um candidato esteja filiado a partido político pelo menos um ano antes da eleição. O prazo, no entanto, poderá mudar caso a presidente Dilma Rousseff sancione projeto de Lei de reforma política, que estabelece somente seis meses de filiação.

Candidatos querem mudar

O site G1 ouviu o deputado Alessandro Molon, do PT, que após 18 anos na sigla se registrou, na última semana, na Rede Sustentabilidade, legenda da ex-senadora Marina Silva.
A mudança ocorreu porque o ex-petista tem a intenção de ser candidato a prefeito do Rio de Janeiro em 2016, ideia que não seria apoiada pelo PT.

Os deputados Glauber Braga (RJ) e Danilo Forte (CE) também trocaram suas siglas originais, PSB E PMDB respectivamente. Braga escolheu o Psol e Forte foi para o PSB.

Forte explica que o PSB ofereceu a ele a possibilidade de se candidatar à Prefeitura de Caucaia, no Ceará.

“Estou assumindo a presidência do partido no estado do Ceará, num quadro de reconstrução depois da saída da família Gomes, que deixou o partido sem deputado federal, estadual e sem candidaturas no interior do estado. E existe possibilidade de eu ser candidato a prefeito em Caucaia, a segunda cidade do estado. É mais factível isso dentro do PSB que dentro do PMDB. No PMDB, já tinha inclusive um diretório montado no município”, disse ao G1.

Redação Brasil News

Redação Brasil News

Principais noticias politicas e economicas do Brasil, com analises de uma equipe de jornalistas e escritores independentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *